UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/04/2010 - 14h10

Setor varejista dos EUA avança; vendas da J.C. Penney têm alta de 5,4%

SÃO PAULO - O setor varejista americano apresentou aumento de vendas em março e espera alta no primeiro trimestre fiscal, o que mostra a continuidade da recuperação do consumo nos EUA. As principais companhias do setor divulgaram dados nesta quinta-feira.

A varejista J.C. Penney, por exemplo, registrou avanço na receita e elevou projeções para o primeiro trimestre. As vendas pelo critério mesmas lojas da empresa cresceram 5,4% em março, na comparação com o mesmo mês do ano passado, para US$ 1,53 bilhões. O resultado, no entanto, veio abaixo das expectativas dos analistas, que projetaram 5,7%.
Nas nove primeiras semanas do ano fiscal da varejista, as vendas aumentaram 3,4%, para US$ 2,71 bilhões. As estimativas de lucros da companhia para o primeiro trimestre agora apontam para o intervalo de US$ 0,20 por ação a US$ 0,24 por ação, acima das projeções anteriores que estimavam no máximo US$ 0,20 por ação. Para as vendas, as estimativas apontam para alta de 2% no período.
A Macy's, outra gigante do setor de varejo americano, registrou em março um crescimento nas vendas pelo critério mesmas lojas de 10,8%, na comparação anual, acima dos 7,9% esperados pelos analistas. A companhia afirmou que projeta vendas constantes em abril, o que deverá gerar uma alta de 5% no primeiro trimestre.
A atacadista Costco, por sua vez, verificou crescimento de 10% nas vendas de março, acima do estimado pelo mercado. Nas cinco semanas terminadas em 4 de abril, houve aumento de 12% nas vendas, para US$ 7,14 bilhões.

(Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host