UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/04/2010 - 16h04

Petrobras e Dow Jones levam Ibovespa a reduzir queda no pregão

SÃO PAULO - A aceleração dos papéis da Petrobras e a virada do índice Dow Jones, que passou a operar no campo positivo, estão ajudando a conter as perdas do Ibovespa, que caminha para o fim do pregão.

Faltando uma hora para o encerramento das negociações, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) recuava 0,63% - pelo terceiro dia seguido -, aos 68.981 pontos, com volume financeiro negociado de R$ 10,104 bilhões. Do montante, R$ 5,28 bilhões partem do exercício de vencimento de opções sobre ações.

No mesmo horário, os papéis ON e PN da Petrobras subiam 1,24% e 1,15%, respectivamente negociados a R$ 37,53 e a R$ 33,33.

Nos Estados Unidos, o mercado se divide entre as preocupações com a acusação de fraude civil enfrentada pelo Goldman Sachs e os possíveis desdobramentos do caso, e, de outro lado, um resultado melhor que o esperado do Citigroup.
Também pesa sobre os negócios o desempenho dos papéis das companhias aéreas, tendo em vista as dificuldades enfrentadas pelo fechamento do espaço aéreo europeu, em função das cinzas provenientes da erupção de um vulcão na Islândia.

Há pouco, o índice Dow Jones subia 0,52%, enquanto o S & P 500 avançava 0,21% e o Nasdaq recuava 0,31%.

No Brasil, além dos papéis do setor de siderurgia e mineração pesarem sobre o Ibovespa, em meio à baixa das commodities, pressionam o índice as ações do segmento de telecomunicações.

Há pouco, figuravam entre as maiores quedas do Ibovespa os papéis PNA da Telemar Norte Leste, com recuo de 3,63%, a R$ 48,48, Telemar ON, com desvalorização de 3,62%, para R$ 33,21, e Tim Participações PN, com baixa de 3,41%, a R$ 4,52.

No sentido oposto, além das ações da Petrobras, estavam entre as maiores altas do índice os papéis ON da OGX Petróleo, com valorização de 1,21%, a R$ 18,33, e LLX Logística ON, com aumento de 1,20%, a R$ 8,43.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host