UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/04/2010 - 08h56

Procon de Minas Gerais proíbe venda do Corolla no Estado

SÃO PAULO - A partir de hoje, está proibida a venda do Corolla, carro fabricado pela Toyota, em Minas Gerais. A decisão partiu do Ministério Público do Estado, por meio do Procon-MG, por conta de alguns veículos da montadora apresentarem problemas de aceleração contínua.

A decisão administrativa foi dada pelo promotor de Justiça de Defesa do Consumidor Amauri Artimos da Matta. No total, foram relatados nove casos de veículos que apresentaram o defeito.

"Segundo o fabricante, o problema é causado pela falta de fixação do tapete, mas essa informação não é dada ao consumidor no momento da compra, nem está visível no interior do veículo. Ela consta apenas no manual de instruções do carro, o que não atende a exigências do Código de Defesa do Consumidor", diz uma nota do Ministério Público do Estado de Minas Gerais.
Ainda segundo o órgão, a venda do Corolla somente será liberada"quando o fabricante adotar medidas que impeçam a troca do tapete original de fábrica e efetuar a troca dos tapetes dos veículos em circulação".

Nos últimos meses, a montadora japonesa convocou para"recall"mais de 8 milhões de veículos em todo o mundo, por conta de problemas de segurança.

(Karin Sato | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host