UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/04/2010 - 19h39

Cartões Elo começarão a ser emitidos em seis meses

SÃO PAULO - Dentro de seis meses, os cartões da bandeira Elo já começarão a ser emitidos e passarão a estar disponíveis no mercado.

O fruto da parceria entre o Banco do Brasil e o Bradesco na área de cartões, que levou quatro meses de negociações, nasce sob a administração de uma holding criada para gerir os negócios conjuntos dos bancos no segmento de cartões, na qual o Bradesco deterá 50,01% e o Banco do Brasil, 49,99%.

O anúncio foi feito hoje pelo presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, e pelo presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco."Chegou a hora de construirmos uma nova plataforma de meios de pagamento", afirmou Trabuco.

Sob a administração desta holding estarão uma holding financeira, o Elo Banco, e uma holding não-financeira, a Elo Administração e Serviços.
A parte financeira vai emitir os cartões Elo para os não correntistas, enquanto a parte não-financeira será dividida em Elo Promotora, responsável pela vendas de cartões nas lojas e a Elo Vale, ainda sujeita à aprovação dos reguladores, que vai emitir os cartões Visa Vale e Elo Vale. Até a aprovação, a Elo Vale será representada pela Companhia Brasileira de Soluções e Serviços (CBSS).
A Cielo, por sua vez, deverá ficar abaixo da nova holding, assumindo a rede de adquirência. Na última sexta-feira, o BB e o Bradesco apresentaram propostas de compra das participações do grupo Santander na Cielo e na CBSS, nas quais ambos bancos podem passar a deter 28,65% e 45,0% do capital, respectivamente.
Vale lembrar que, no entanto, mesmo com a criação da nova bandeira, os bancos não realizam a integração completa de suas áreas de cartões."Continuamos concorrendo neste setor", ressaltou o vice-presidente de Negócios do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli.

(Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host