UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/04/2010 - 13h16

Cimpor é plataforma de internacionalização da Votorantim, diz Schalka

SÃO PAULO - A Cimpor amplia a exposição da Votorantim Cimentos no mercado internacional e será a plataforma de expansão da empresa na Europa, Ásia e África. A afirmação foi feita hoje pelo presidente da Votorantim Cimentos, Walter Schalka, em evento da companhia para o anúncio de investimentos em novas fábricas.

Com forte presença na África, Turquia, Índia, China, Portugal e Espanha, a Cimpor teve participação adquirida pela Votorantim no início do ano. No entanto, as empresas permanecerão separadas até o julgamento final do negócio pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que se preocupa com a possível concentração do mercado nacional de cimentos."Não temos decisão estratégica nenhuma sobre a Cimpor no Brasil até o julgamento do Cade", afirmou Schalka. A Votorantim Cimentos detém hoje 40% de participação no mercado brasileiro e está presente nos EUA, Canadá, na Bolívia, Paraguai, Chile, Argentina e Uruguai. O ano passado representou para a companhia uma receita líquida de R$ 7,4 bilhões, lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) de R$ 2,6 bilhões e investimentos da ordem de R$ 700 milhões. Sobre as possibilidades de contrato com a usina hidrelétrica de Belo Monte, Schalka afirmou que a Votorantim Cimentos fez uma oferta ao consórcio vencedor do leilão, mas aguarda sua definição. Segundo o executivo, o projeto inclui a demanda de 1 milhão de toneladas de cimento.

(Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host