UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/05/2010 - 13h56

Venda de ativos para Norsk Hydro evita gargalo em alumina, diz Agnelli

RIO - A venda das operações de alumínio da Vale para a norueguesa Norsk Hydro evitou a possibilidade de a empresa ficar "encurralada" na hora de vender a produção de alumina. A afirmação foi feita pelo presidente da mineradora, Roger Agnelli, para quem a tendência do setor é de empresas integradas, desde a produção de bauxita, passando pela alumina e pelo alumínio.

"Tentamos há dois anos comprar a Alcan, mas a Rio Tinto ganhou. Até que saímos bem, porque logo depois veio a crise, mas ficamos encurralados, com uma produção grande de alumina e os concorrentes se integrando", afirmou Agnelli. "Poderíamos ficar em posição de não ter onde vender alumina", acrescentou. Pelo negócio anunciado no fim de semana, de US$ 4,9 bilhões, a Vale passará a deter 22% da Norsk Hydro.

Agnelli também ressaltou o preço elevado da energia no Brasil, que segundo ele inviabiliza novos projetos de alumínio no país. "A Norsk tem energia barata", destacou.

(Rafael Rosas | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host