UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/05/2010 - 10h14

Gerdau vê lucro saltar com recuperação da crise

SÃO PAULO - A Gerdau SA registrou um aumento de 1.537% em seu lucro líquido consolidado saltar, de R$ 35 milhões no primeiro trimestre de 2009 para R$ 573 milhões no mesmo período de 2010.

Segundo a siderúrgica, o desempenho reflete a melhora dos mercados consumidores de seus produtos, que estavam sobre o forte impacto da crise financeira mundial no começo do ano passado. Os resultados, divulgados hoje pela empresa, levam em conta o padrão contábil internacional IFRS.

A produção de aço bruto cresceu 71%, para 4,4 milhões de toneladas. As vendas físicas consolidadas aumentaram 32% em comparação com os primeiros três meses de 2009, somando 4,1 milhões de toneladas. Segundo a empresa, o consumo de aço cresceu principalmente no mercado brasileiro. No Brasil, com a demanda da construção civil e da indústria, as vendas de aços longos subiram 60%.

Apesar do expressivo aumento do volume de vendas, a receita líquida cresceu 2%, para R$ 7,1 bilhões. Aqui houve o impacto da valorização de 22% do real perante o dólar, que deprimiu as receitas das operações externas da Gerdau. A companhia atua em 14 países, nas Américas, Europa e Ásia.

O custo de vendas caiu 8% no período, resultado atribuído aos "esforços de gestão realizados ao longo de 2009", que também contribuíram para reduzir as despesas com vendas, gerais e administrativas em 16%. O crescimento das vendas e os menores custos fizeram o Ebitda consolidado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) subir 134%, totalizando R$ 1,4 bilhão.

"O bom desempenho da Gerdau no primeiro trimestre reflete o aumento da demanda por aço e o contínuo esforço de gestão para ajustar, com rapidez e flexibilidade, os níveis de produção e custos aos movimentos dos mercados", disse, em nota, o diretor-presidente da siderúrgica, André Gerdau Johannpeter.
 

(Paula Cleto | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host