UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/05/2010 - 15h42

Mercado americano despenca e Bovespa perde os 63 mil pontos

SÃO PAULO - O nervosismo global que toma conta dos investidores nos últimos dias está se refletindo com maior força no desempenho dos mercados nesta quinta-feira.

Por aqui, o Ibovespa recuava, há pouco, 3,19%, aos 62.844 pontos, e girava R$ 7 bilhões. O índice já atingiu 62.799 pontos na mínima do dia.

"O mercado externo perdeu todos os parâmetros. Estávamos até nos aguentando com um cenário melhor de Petrobras e Vale, mas, agora, a Bovespa está aprofundando as perdas e não há como segurar", comentou o operador da SLW Corretora, Marcelo Moura.

Em Wall Street, as bolsas recuam pelo terceiro pregão consecutivo. Há instantes, o Dow Jones cedia 3,77%, enquanto o Nasdaq despencava 4,62 % e o S & P 500 tinha queda de 4,06%.

No mesmo horário, no mesmo caminho das commodities, os papéis PN da Petrobras cediam 1,68%, a R$ 29,70, enquanto as ações PNA da Vale caíam 2,26%, a R$ 43,20.

Entre as poucas ações do Ibovespa que operam em alta, destaque para Souza Cruz ON, com valorização de 1,93%, a R$ 66,92, Telesp PN, com apreciação de 1,05%, a R$ 33,45, e para AmBev PN, com ganhos de 1,01%, a R$ 171,73.

O sentido contrário está liderado pelos papéis PN da Gol, que recuavam, há pouco, 6,99%, para R$ 21,53, pelas ações PN da TAM, com queda de 6,48%, a R$ 27,10, e por Fibria ON, com baixa de 6,44%, a R$ 31,20.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host