UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/05/2010 - 17h27

Depois de dados de reservas nos EUA, petróleo não define tendência

SÃO PAULO - Os preços internacionais do petróleo fecharam em queda nesta sessão de quarta-feira, em dia marcado pela falta de direção das negociações da commodity. Em grande parte do pregão, o preço do petróleo em Londres subia, enquanto o preço em Nova York recuava.

O fim das operações apresentaram a mesma tendência. Em Nova York, o WTI com entrega em junho fechou em queda de US$ 0,72, cotado a US$ 75,65. O contrato de julho marcou US$ 80,15, recuo de US$ 0,07. Em Londres, o Brent para junho avançou US$ 0,71, para US$ 81,20. O vencimento de julho fechou a US$ 82,40, acréscimo de US$ 0,75.

Os investidores analisaram os dados das reservas de petróleo cru dos Estados Unidos, que apresentaram aumento de 1,9 milhão de barris na semana terminada no dia 7 deste mês, em relação à anterior, para 362,5 milhões de barris, segundo informações do Departamento de Energia dos EUA Alta do dólar frente ao euro também influenciou as negociações, tornando a commodity menos atrativa.

(Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host