UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/05/2010 - 17h29

BC afirma que índice de atividade apenas sinaliza tendência do PIB

BRASÍLIA - O diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Carlos Hamilton, disse há pouco que o Indice de Atividade Econômica (IEA) não é uma "fonte primária" de projeção do Produto Interno Bruto (PIB).

"O propósito não é medir a atividade", disse, para depois admitir que os dados apurados sobre o primeiro trimestre "indicam que a atividade está em expansão."
O BC divulgou que o IEA do primeiro trimestre de 2010, anualizado, cresceu 9,84%, dessazonalizado. A divulgação do indicador gerou vários cálculos no mercado, tentando antecipar o PIB efetivo do período janeiro a março, ante período igual de 2009, e também em relação ao comportamento para o ano.

"É uma ferramenta importante mas tem limitações. O objetivo não é medir a atividade, mas antecipar o que está ocorrendo com a atividade", antes da divulgação oficial do PIB pelo IBGE, prevista para junho.

"O BC não mede e nem projeta PIB trimestral, e muito menos mensal. De nenhuma forma, o indicador pode ser entendido como uma projeção. É indicador de atividade com base em variáveis existentes, coisa que é feita em outros países", continuou. "Tenta sintetizar o que está ocorrendo nas áreas que formam o PIB real: indústria, serviços e agropecuária."
Hamilton disse que o BC começou a formar o IEA em nível regional. Primeiro no Rio Grande do Sul no ano passado, passando a nacional no relatório de Inflação de março deste ano. O BC fixará um calendário de divulgação mensal.

"O indicador não passa a nós informações qualitativas, mas sim quantitativas", disse o diretor. Apesar da proximidade que as tabelas do BC para o IEA apontam para o PIB oficial, Hamilton continuou negando que seja uma projeção.

"A nossa projeção para o PIB continua em 5,8% e será mantida ou alterada em junho", explicou Hamiltom. Ele também não aceitou comentar sobre a influência do indicador para as decisões da taxa básica Selic, pelo Comitê de Politica Monetária (Copom).

O diretor também não respondeu sobre possíveis exercícios que podem ser feitos com o IEA para se chegar ao PIB. "Ouvi de alguns analistas de mercado que estão usando o indicador para gerar projeção de PIB. Mas não é esse nosso objetivo", continuou.

Dentre as variáveis usadas pelo BC para compor o IEA estão: Pesquisa Mensal de Emprego; Sistema Único de Saúde; plano contábil das instituições financeiras; índices de inflção (IPCA); Indice do Setor de Telecomunicações (feito pela Anatel) e Pesquisa Mensal do Comércio.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host