UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/05/2010 - 17h43

Brasil ganha duas posições no ranking de competitividade, diz FDC

SÃO PAULO - O Brasil se tornou um país mais competitivo. Foi o que revelou hoje uma pesquisa desenvolvida pelo International Institute for Management Development (IMD), em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC).

Os resultados mostraram que o Brasil subiu duas posições no ranking mundial de competitividade, passando para o 38º lugar. São 58 países classificados quanto a quatro fatores de competitividade: desenvolvimento econômico, eficiência governamental, eficiência de negócios e infraestrutura. Os destaques de melhorias do Brasil foram "Eficiência dos Negócios", no qual o país ganhou três posições e passou para o 24º lugar, além do Produto Interno Bruto (PIB), no qual o Brasil chegou ao 8º lugar. Por outro lado, nos quesitos "Eficiência de Governo", o país se manteve na 52ª colocação. Perdas de posições ocorreram nas áreas de infraestrutura (49º lugar), saúde (40º) e educação (53º). Com a crise econômica mundial, os Estados Unidos perderam a primeira posição do ranking geral e caíram para o terceiro. Lideram o ranking agora Cingapura e Hong Kong. Atrás do Brasil ficaram África do Sul, México e Rússia. Neste levantamento, os países europeus foram, de modo geral, os que mais perderam posições. "O Brasil manteve a sua capacidade competitiva, alavancada pelos avanços na produtividade empresarial e na geração do emprego", diz Carlos Arruda, professor da FDC. Os dados são referentes ao primeiro trimestre deste ano. (Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host