UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/05/2010 - 13h22

BP promoverá programa de estudos sobre o vazamento de US$ 500 milhões

SÃO PAULO - A empresa British Petroleum (BP) afirmou nesta segunda-feira que se compromete em iniciar um programa de estudos sobre o vazamento de petróleo no Golfo do México, com recursos no total de US$ 500 milhões.

Segundo nota da companhia, o estudo pesquisará sobre os impactos do acidente na vida marinha e no meio ambiente em geral. "A BP se compromete em fazer tudo o que pode para reduzir o impacto desse incidente trágico nas pessoas e no ambiente da Costa do Golfo", afirmou o executivo-chefe da companhia Tony Hayward.

O programa de estudo deve durar 10 anos e vai analisar, entre outras coisas, como o petróleo e os produtos químicos usados para dispersá-lo foram afetados pelas correntes oceânicas, e como eles se espalharam pelo oceano e pela costa. A BP informou ainda que vai elaborar um painel independente de consultoria para construir o programa de pesquisas de longo prazo.

"Há uma necessidade urgente de assegurar que a comunidade científica tenha acesso a amostras e material bruto necessários para iniciar seu trabalho", disse Hayward. A decisão da BP veio depois da pressão que a empresa sofreu do governo americano e da comunidade internacional para estancar o vazamento ocorrido há cerca de um mês, devido ao afundamento de uma plataforma de petróleo operada pela empresa em alto-mar. Segundo a imprensa internacional, neste fim de semana, a BP teria aceitado pagar uma indenização de US$ 75 milhões pelo acidente, proposta pelo governo americano. Até agora, a empresa ainda não teve sucesso na limitação do vazamento.

(Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host