UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/05/2010 - 12h57

Economia espanhola precisa de amplas reformas, indica FMI

SÃO PAULO - A economia da Espanha precisa de amplas reformas, apontou o Fundo Monetário Internacional (FMI) no comunicado da missão de consulta do Artigo IV. Os desafios são grandes, segundo o apontamento, que citou um déficit fiscal acentuado, uma disfunção no mercado de trabalho, endividamento externo e do setor privado, fraca competitividade e um setor bancário com bolsões de debilidade, entre outros pontos.

Vale notar que o Artigo IV do regulamento do Fundo prevê consultas anuais aos países-membros, nas quais são realizadas avaliações do desempenho macroeconômico do período.

Para o organismo multilateral, o plano da Espanha de consolidação fiscal em curso precisa ser complementado com reformas estruturais. O governo espanhol deve ainda adotar o quanto antes a reforma do sistema previdenciário, acrescentou.

"A consolidação e reforma do sistema bancário precisa ser acelerada", observou o FMI em nota.

(Juliana Cardoso | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host