UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/05/2010 - 19h39

Crise na Europa pode acelerar privatização de aeroportos no continente

A crise europeia deverá acelerar o processo de privatização dos aeroportos, de acordo com o diretor-geral do Conselho Europeu de Aeroportos, Oliver Jankovec. Ele considerou a estrutura empresarial essencial para atender à demanda por infraestrutura.

"Os governos não querem mais investir em infraestrutura. Os aeroportos vão ter que fazer isso sozinhos", acredita. Ele defendeu também a liberalização total em termos de rotas e de capacidade para que as companhias aéreas tenham acesso a novos mercados. A livre escolha fomentaria a criação de novas rotas e aumentaria a concorrência entre as companhias. "A aviação vai crescer. Ainda há muita procura e, para transformar isso em novos voos, precisamos de liberalização", disse Jankovec. E não é só a Europa que defende a abertura dos mercados. O diretor-executivo da Associação Latino-Americana de Transportes Aéreos (ALTA), Alex de Gunten, acredita que, para o crescimento do mercado aéreo, é preciso eliminar as barreiras ao crescimento, com maior flexibilidade e igualdade de condições entre os players. Ele considera também a tributação um grande entrave ao crescimento. No Brasil, por exemplo, o preço do combustível de aviação é cerca de 50% mais caro, sendo que 80% do que é consumido no país é produzido internamente. "Isso faz com que se perca competitividade", disse. (Juliana Ennes/ Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host