UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/05/2010 - 16h13

Correção técnica puxa DIs para cima

SÃO PAULO - Dia de correção nos contratos de juros futuros. Segundo o gestor da SLW Asset Management, Gustavo Gazaneo, com a melhora de sentimento registrada hoje por bolsas, commodities e outros ativos de risco, os agentes também ajustaram posição nos contratos futuros.

O especialista lembra que, antes do agravamento dos problemas na Europa, o contrato janeiro de 2011 rondava 11,09%, e que o prêmio foi sendo reduzindo até mínimas ao redor de 10,80% - conforme os agentes passavam a trabalhar com a ideia de menor ciclo de aperto monetário em função de um menor crescimento da economia europeia e mundial.

Antes do ajuste final de posições na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para junho de 2010 apontava estabilidade a 9,38%. Julho de 2010 subia 0,01 ponto, a 9,79%. E janeiro de 2011, o mais líquido do dia, ganhava 0,02 ponto, projetando 10,90%.

Entre os longos, o contrato para janeiro de 2012 marcava alta de 0,03 ponto, a 12,01%. Janeiro de 2013 avançava 0,01 ponto, a 12,26%. E janeiro 2014 ganhava 0,02 ponto, a 12,29%.

Até as 16h15, foram negociados 719.970 contratos, equivalentes a R$ 64,62 bilhões (US$ 34,35 bilhões), 35% menor do que o registrado ontem. O vencimento janeiro de 2011 foi o mais negociado, com 314.515 contratos, equivalentes a R$ 29,53 bilhões (US$ 15,70 bilhões). (Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host