UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/05/2010 - 12h10

Dólar segue em baixa refletindo melhora de humor global

SÃO PAULO - Acompanhando o tom positivo nos mercados internacionais nesta quarta-feira, o dólar perde valor de forma acentuada ante o real. Menos preocupados com a Europa e sem novidades das Coreias, os agentes voltam a montar posições em ativos de risco como ações e commodities.

Por volta das 12h10, o dólar comercial declinava 1,23%, a R$ 1,843 na compra e R$ 1,845 na venda.

No mercado futuro, o dólar com vencimento para junho, negociado na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), cedia 1,46%, a R$ 1,846.

O gerente de mesa da Advanced Corretora de Câmbio, Reginaldo Siaca, comenta que, além do bom humor que pauta o pregão do dia, a proximidade da formação da Ptax (média das cotações ponderada pelo volume) tem alguma influência, já que a posição do mercado é vendida, ou seja, ganha se o dólar perder valor. "No entanto, qualquer notícia negativa pode azedar o humor novamente", pondera o especialista. Na BM & F, os grandes vendidos em contratos futuros são os bancos, com posição de US$ 9,2 bilhões. Na outra ponta estão os estrangeiros, que, mesmo vendendo moeda na segunda e terça-feira, ainda detêm US$ 5,14 bilhões em comprados em contratos futuros.

Já no câmbio externo, o dólar ganhava do euro, que operava na faixa de US$ 1,22. Dados positivos sobre a economia americana, como aumento nas encomendas por bens duráveis e nas vendas de casas novas dão força não só ao dólar, mas também às bolsas americanas.

Há pouco, o Dow Jones ganhava 1,04%, enquanto o Nasdaq se valorizava 1,76%. Por aqui, as compras também são maioria na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o que impulsionava uma alta de 2% para o Ibovespa.

Entre as commodities, o barril de WTI subia quase 3%, se aproximando de US$ 71 em Nova York. (Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host