UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/05/2010 - 11h10

Investidores voltam às compras na Bovespa no início do pregão

SÃO PAULO - Diante de um cenário aparentemente mais tranquilo, os investidores estão aproveitando para retomar as compras no mercado acionário.

No Brasil, próximo das 11h05, o Ibovespa subia 1,89%, para 60.301 pontos, com giro financeiro de R$ 1,431 bilhão. O Ibovespa futuro avançava 1,71%, para 60.470 pontos. Ontem, o índice fechou a jornada aos 59.184 pontos.

Em Wall Street, assim como no mercado europeu, as bolsas operavam no azul. Há pouco, o índice Dow Jones se valorizava em 1,06%, enquanto o Nasdaq se apreciava em 1,83% e o S & P 500 subia 1,34%.

Depois de terem ficado em segundo plano nos últimos dias, em meio ao agravamento das preocupações com a situação europeia, os indicadores econômicos americanos voltam a influenciar as operações acionárias.

Pela manhã, o Departamento do Comércio do país mostrou que os novos pedidos de bens duráveis aumentaram 2,9% em abril. Este foi o quarto aumento nos últimos cinco meses e veio após uma ligeira baixa em março, observou o em nota.

Além disso, os agentes estão de olho nos encontros do secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, com representantes europeus, entre os quais o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet.

Entre os temas que devem ser avaliados, estão a situação econômica na Europa e como dar continuidade ao movimento de recuperação da economia.

No cenário corporativo, o aumento dos preços das commodities estava contribuindo para o desempenho das "blue chips". Há pouco, as ações PNA da Vale subiam 2,53%, a R$ 41,22, enquanto os papéis PN da Petrobras se apreciavam em 1,92%, a R$ 27,06.

Na noite de ontem, a estatal comunicou a descoberta de duas novas acumulações de óleo leve em reservatórios do pós e do pré-sal na Bacia de Campos.

Caso a ligação entre as duas acumulações se confirme, o volume conjunto recuperável pode chegar a 360 milhões de barris de óleo equivalente.

Entre as principais altas do Ibovespa figuram os papéis PN da Bradepar, com apreciação de 4,19%, a R$ 34,50, as ações ON da Rossi Residencial, com alta de 4,04%, a R$ 12,36, e os papéis ON da Cyrela Realty, com elevação de 3,76%, a R$ 18,75.

Das ações do índice que registravam queda, apareciam os ativos ON da Duratex, com perdas de 0,78%, a R$ 15,08, os papéis PNB da Eletropaulo, com desvalorização de 0,75%, a R$ 30,17, e PN da CTEEP, com recuo de 0,53%, a R$ 44,36.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host