UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/05/2010 - 19h51

PDT rejeita Suplicy como vice de Mercadante

SÃO PAULO - O PDT anunciou hoje que não vai aceitar uma chapa puro sangue na disputa para o governo de São Paulo com o senador Eduardo Suplicy (PT) como vice do senador Aloizio Mercadante (PT). A hipótese de juntar os dois senadores para a sucessão estadual começou a circular dentro do próprio PT como uma alternativa para fortalecer a candidatura do partido, já que Mercadante aparece bem atrás de Geraldo Alckmin (PSDB) nas pesquisas de intenção de voto.

Contudo, o presidente estadual do PDT, deputado Paulo Pereira da Silva (SP), o Paulinho, se mostrou inflexível em relação à proposta petista. "Vamos indicar, e se o PT ou o candidato não aceitarem, podem seguir seu caminho e nós seguiremos o nosso", afirmou. Paulinho recebeu hoje em seu apartamento, em Brasília, o presidente estadual do PT paulista, Edinho Silva, que defendeu o nome de Suplicy para a vaga de vice de Mercadante. Para viabilizar o acordo, os petistas sugeriram ao PDT a possibilidade de indicar o suplente da candidata ao Senado, Marta Suplicy (PT).

Apesar disso, o deputado pedetista manteve sua posição e indicou para o posto de vice o deputado estadual Major Olimpio (PDT). Até o momento, Mercadante conquistou o apoio de 11 partidos. (Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host