UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 13h09

Bovespa segue firme na alta e dólar cai a R$ 1,830

SÃO PAULO -As ordens de compra continuam dominando as mesas de negociação e garantindo mais um dia de valorização na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Pouco depois das 13h, o Ibovespa apontava elevação de 2,35%, aos 61.605 pontos, com giro de R$ 3,04 bilhões.

Um operador de mercado que preferiu não se identificar disse que, além do desmentido da China sobre a revisão de investimentos na Europa, o mercado também ganha algum impulso após declarações de gestores internacionais de que estão aproveitando as perdas recentes para montar posições em BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China). Entre os nomes apontados pelo especialista está a Templeton Asset.

"O fluxo de notícias ruins diminui e apareceram algumas notícias boas. Como o mercado estava sobrevendido, os investidores foram remontar posições", disse o operador.

A ressalva, segundo ele, é que esses dois dias de alta não permitem falar em mudança de tendência de curto prazo. A questão envolvendo a Europa ainda é fonte de instabilidade.

Ainda de acordo com o operador, o mercado olha agora com cada vez mais atenção para ao mercado americano. "Parece mesmo que a economia está se firmando e o dinheiro pode correr para lá." No front corporativo, as ações PNA da Vale seguiam liderando o volume dentro do Ibovespa, avançando 4,89%, a R$ 41,55. Já o papel PN da Petrobras ganhava 2,84%, a R$ 27,82.

Entre os maiores volume do dia, o papel ON da BM & FBovespa recuava 2,86%, a R$ 11,85, devolvendo parte do ganho de 11,11% registrado ontem, quando foi observada uma corrida de investidores estrangeiros em direção ao papel em função do ajuste de carteira em um índice internacional.

Entre os bancos, o papel PN do Itaú Unibanco tinha acréscimo de 1,38%, a R$ 33,65, e o ativo PN do Bradesco subia 2,30%, a R$ 29,28.

O destaque de alta estava com o ativo ON da Fibria, que saltava 6,18%, a R$ 29,71, Entre as siderúrgicas, Usiminas ON, Gerdau PN e CSN ON subiam mais de 4% cada.

Fora da festa, Vivo PN, que também subiu forte ontem, devolvia 2,33%, a R$ 49,04. Telemar Norte Leste PNA desvalorizava 1,50%, a R$ 49,00, e Duratex ON caía 1,01%, a R$ 15,64.

No câmbio, o tom positivo do dia chama os vendedores ao pregão. Há pouco, o dólar comercial apontava baixa de 1,50%, a R$ 1,830 na venda.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host