UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 13h59

Coreia do Norte rompe pacto de não agressão com Coreia do Sul

SÃO PAULO - A Coreia do Norte rompeu o acordo de não agressão que mantinha com sua vizinha do Sul para evitar confrontos nas águas do Mar Amarelo, informou nesta quinta-feira a agência sul-coreana Yonhap. O anúncio, segundo as agências internacionais, foi feito enquanto a Coreia do Sul realizava um exercício naval, demonstrando a força de seus navios de guerra.

Na Coreia do Sul, milhares de manifestantes ocupam as ruas de Seul para denunciar as ameaças do Coreia do Norte contra seu país. A tensão na península coreana vem se intensificando desde a semana passada, quando a Coreia do Sul acusou sua vizinha do norte de afundar um de seus navios de guerra.

O posicionamento teve como base um estudo realizado por especialistas de diversos países que aponta a Coreia do Norte como a fabricante do torpedo que atingiu a embarcação.

Ontem, a Coreia do Norte expulsou oito funcionários do governo sul-coreano que trabalhavam em um complexo industrial conjunto localizado no país. A unidade abriga cerca de 110 empresas sul-coreanas, empregando mais de 42 mil operários norte-coreanos, e era considerada o último símbolo da possível união dos dois países.

(Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host