UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 09h23

Índice futuro sugere dia de alta na Bovespa

SÃO PAULO - A quinta-feira pode ser de forte valorização na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). A indicação é dada pelo Ibovespa futuro e está em linha com o observado em outras praças de negociação. Por volta das 9h20, o índice com vencimento em junho subia 2,56%, a 61.256 pontos. A fonte de tamanho bom humor é a China, que negou que esteja considerando cortar sua exposição aos títulos europeus. Tal suspeita foi levantada ontem pelo Financial Times (FT) e trouxe instabilidade para os negócios.

Em Wall Street, que reverteu ganhos ontem e fechou em baixa, muito em função dessa notícia envolvendo a China, os futuros também sugerem começo de pregão no terreno positivo, o que deve levar o Dow Jones de volta para cima dos 10 mil pontos.

Na agenda do dia, uma nova revisão do Produto Interno Bruto (PIB) do produto trimestre. A previsão é de crescimento de 3,5% contra leitura inicial de 3,2%.

Na Europa, as ordens de compra já são realidade. Há pouco, o FTSE-100, de Londres, tinha valorização de 1,90%. O Xetra-DAX, de Frankfurt, tinha acréscimo de 2,37%, e o CAC-40, de Paris, subia 1,98%.

O câmbio local também reflete esse tom positivo do começo do dia. O dólar declinava 0,80%, e estava a R$ 1,843 na venda. Ontem, o Ibovespa não se abalou com a instabilidade externa e encerrou com elevação de 1,70%, aos 60.190 pontos. O que garantiu essa valorização foi um forte movimento comprador liderado por investidores estrangeiros, o que elevou o volume do pregão para R$ 9,88 bilhões, um dos maiores do mês.

Já em Wall Street, depois de marcar alta de 1,35%, o Dow Jones fechou a jornada com decréscimo de 0,69%, perdendo a importante linha dos 10 mil pontos pela primeira fez desde fevereiro. O S & P 500 cedeu 0,57%, para 1.067 e o Nasdaq devolveu 0,68%, aos 2.195 pontos.

Na Ásia a quinta-feira fechou com tom positivo. Tóquio teve acréscimo de 1,23%, Seul ganhou 1,60%. E Xangai e Hong Kong fecharam com avanço de 1,15% e 1,22%, respectivamente.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host