UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 08h24

Lenovo sai do prejuízo com vendas de notebooks

SÃO PAULO - A fabricante chinesa de computadores Lenovo apresentou vendas consolidadas de US$ 16,6 bilhões no ano fiscal encerrado em 31 de março, uma alta de 11,4% sobre o resultado do ano anterior.

O lucro da empresa antes de impostos e excluindo custos de reestruturação foi de US$ 161 milhões. O ganho líquido foi de US$ 129 milhões, um resultado US$ 335 milhões superior ao registrado no ano fiscal anterior, quando a companhia apresentou um prejuízo de US$ 226 milhões. O valor médio das ações da companhia durante o ano fiscal foi de US$ 1,42.

Os notebooks foram responsáveis por 62% das vendas da companhia no quarto trimestre fiscal. As negociações de máquinas portáteis cresceram 59% em relação ao mesmo período do ano anterior, contabilizando US$ 2,7 bilhões.

A companhia destacou seu crescimento em mercados emergentes, que representam 17,2% de suas vendas globais. Durante o quarto trimestre fiscal, as vendas de PCs da empresa na América Latina cresceram 105% em relação ao mesmo período do ano passado. Na Índia a empresa registrou alta de 104% e no Sudeste Asiático, as vendas cresceram 70% em relação ao quarto trimestre do ano anterior.

No quarto trimestre fiscal, a companhia atingiu uma receita de US$ 4,3 bilhões - alta de 56% em relação ao resultado obtido no mesmo período do ano anterior. O lucro atribuído aos detentores de capital próprio para o trimestre foi de US$ 13 milhões, em contraste com a perda de US$ 264 milhões registrada no ano passado. O lucro básico por ação no quarto trimestre foi de US$ 0,14.

(Daniela Braun | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host