UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 20h39

Lula apresenta defesa ao TSE sobre pronunciamento no Dia do Trabalho

SÃO PAULO - O presidente Lula apresentou sua defesa ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e negou que tenha feito campanha antecipada para a pré-candidata Dilma Rousseff (PT) durante pronunciamento oficial para a comemoração do Dia do Trabalho.

A Advocacia Geral da União (AGU) encaminhou um parecer ao tribunal em que Lula sustenta que não fez campanha antes da hora porque não pediu votos para Dilma.

A Lei das Eleições estabelece que a propaganda eleitoral só pode ter início a partir do dia 6 de julho do ano da eleição. Autor da representação, o DEM apresentou três ações contra Lula por conta das comemorações ao Dia do Trabalho. A AGU argumentou que o presidente "não proclama a necessidade de continuidade de um partido no governo, mas sim que o modelo de gestão adotado pelo país, seja quem for o futuro presidente da República, vai permanecer".

A advocacia também afirmou que, mesmo que o TSE entenda que houve propaganda extemporânea, não haveria potencial no episódio para influenciar ou desequilibrar o resultado.

Na ação, o DEM pede a aplicação de multa. O ministro auxiliar Henrique Neves é o relator da representação no TSE.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host