UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 13h19

Rendimento médio real do trabalhador fica estável de março para abril

SÃO PAULO - O rendimento médio real dos trabalhadores no Brasil ficou estável em abril, na comparação com março, somando R$ 1.424,10, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação a abril de 2009, quando o salário médio era de R$ 1.392,65, houve aumento de 2,3%.

Os trabalhadores com carteira assinada no setor privado verificaram, entre março e abril, alta de 0,3% no rendimento, que ficou em R$ 1.348,30. A renda dos empregados sem carteira de trabalho assinada no setor privado, porém, encolheu 5,6%, para R$ 962,10. Militares e funcionários públicos, por sua vez, fecharam o mês com o rendimento 0,2% maior, em média de R$ 2.469,80. Já os trabalhadores por conta própria verificaram redução de 0,3% na renda, que passou para R$ 1.185,30. Na comparação com abril de 2009, o rendimento dos trabalhadores com carteira assinada subiu 1,7% e aqueles sem carteira ficaram com a renda 9,4% mais elevada. Os trabalhadores por conta própria tiveram acréscimo de 3,1%. Os militares e servidores públicos tiveram a renda incrementada em 1,8%.

(Francine De Lorenzo | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host