UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 17h45

Saída da crise é abertura para exportações, diz executivo espanhol

RIO - A saída para a Europa passa pela abertura dos países-membros para o comércio internacional, acredita o vice-presidente-executivo do Instituto Espanhol de Comércio Exterior (ICEX, na sigla em espanhol), Ángel Matin Acebes.

"A Europa não tem mostrado tendências protecionistas por conta da crise, que seria uma situação ruim. A saída da crise passa pela abertura das economias espanhola e europeia. Esse é o grande desafio: integrar-se de forma competitiva no mercado global", disse. Segundo ele, a União Europeia tem interesse crescente pelo Mercosul e pelo Brasil, especificamente. As dificuldades do mercado interno fazem com que as empresas se voltem ao exterior, como saída para as vendas. Além disso, a situação econômica brasileira, com as atuais previsões de crescimento, também é considerada atrativa, para Acebes.

As exportações espanholas cresceram 15% no primeiro trimestre deste ano. O vice-presidente do ICEX explicou que a alta é decorrência também de planejamento de longo prazo. "Exportar não é decisão conjuntural, não é ação de curto prazo. É preciso haver planejamento", disse.

Ele acredita ainda que a crise europeia atual não vai atrapalhar a participação de empresas espanholas em grandes projetos de infraestrutura no exterior, já que as empresas buscam financiamento internacional, e não somente dentro do país.

(Juliana Ennes | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host