UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/05/2010 - 12h23

Acordo nuclear com Irã visa paz mundial, diz premiê turco

RIO - Em meio à polêmica sobre a eficácia do acordo fechado entre Brasil, Turquia e Irã em relação ao enriquecimento de urânio iraniano, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, defendeu que os países que pedem a eliminação de armas nucleares deveriam eliminar as suas próprias.

"Fomos a Teerã, Lula e eu, com o objetivo de atingir a paz mundial e não podemos fazer isso com a proliferação de armas nucleares. Nós não queremos ver armas em nossa região", disse.

Durante o 3º Fórum Mundial da Aliança das Civilizações, promovido pela ONU no Rio, Erdogan afirmou que os Estados Unidos "excluem a diversidade e monopolizam a verdade".

Ele acredita que os ataques às torres gêmeas foram um ataque ao próprio Islã e à essência da religião. "Não há terrorismo islâmico. Há terrorismo e há islamismo, em separados", disse.
(Juliana Ennes | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host