UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/05/2010 - 15h59

Blue Chips puxam valorização do Ibovespa no último pregão de maio

SÃO PAULO - Com uma alta na casa dos 2%, os papéis da Vale e da Petrobras contribuem para a valorização do Ibovespa na jornada desta segunda-feira. O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com pouca oscilação e baixa liquidez, dado que o mercado americano está fechado, por conta do feriado do "Memorial Day".

Próximo das 15h50, o Ibovespa subia 0,73%, para 62.398 pontos, com volume negociado de R$ 2,5 bilhões. No mesmo horário, as ações PN da Petrobras subiam 2,73%, para R$ 28,97, com giro de R$ 247,3 milhões, e os papéis PNA da Vale avançavam 1,83%, para R$ 42,72, com volume de R$ 326,8 milhões.

"Hoje, o Ibovespa sobe sem notícias negativas. É um momento de correção, com o mercado tentando devolver um pouco do pessimismo anterior", comentou o economista-chefe da LLA Investimentos, Sérgio Manoel Correia.

Segundo ele, os papéis da Vale estão sendo beneficiados pelo possível novo aumento dos preços do minério de ferro no terceiro trimestre do ano.

De acordo com matéria publicada pelo "Estado de S. Paulo" no último sábado, a Vale deverá aplicar um novo reajuste sobre o preço do minério a partir do dia 1º de julho, na casa de 35% Embora avalie que a volatilidade do mercado deverá diminuir ao longo do mês de junho, com uma "acalmada" no cenário externo, Correia é reticente em dizer que o Ibovespa já tem espaço para recuperar o nível anterior à crise europeia.

"As notícias negativas podem diminuir em intensidade, mas o mercado ainda estará em dúvida sobre o pacote europeu", afirmou.

De volta ao ambiente corporativo, as principais altas do dia seguem lideradas pelas ações ON e PN da Telemar, com ganhos de 5,58% e 5,18%, respectivamente cotadas a R$ 35,90 e a R$ 29,80. Já os papéis ON da Petrobras apuram valorização de 3,73%, a R$ 33,62.

Do lado oposto, os papéis ON da Brasil Ecodiesel lideram as perdas do Ibovespa, com baixa de 3,52%, a R$ 0,82, seguidos pelas ações ON da PDG Realty, com recuo de 3,07%, a R$ 15,12, e por Agre ON, com depreciação de 2,50%, a R$ 7,39.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host