UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/05/2010 - 12h39

Papéis da Vale e da Petrobras direcionam valorização do Ibovespa

SÃO PAULO - Em um dia de agenda esvaziada e de feriado nos Estados Unidos, são os papéis das "blue chips" que dão o tom positivo para a jornada desta segunda-feira.

Próximo das 12h35, o Ibovespa subia 0,45%, para 62.225 pontos, com giro financeiro de R$ 1,179 bilhão.

No mesmo horário, os papéis PN da Petrobras tinham valorização de 2,02%, a R$ 28,77, com giro de R$ 128,2 milhões, enquanto as ações PNA da Vale se apreciavam em 1,14%, a R$ 42,43, com volume negociado de R$ 282,6 milhões.

Em análise gráfica enviada ao mercado, a Itaú Corretora apontou que o "Ibovespa precisará fechar acima de 62.300 pontos para sair do canal de baixa de curto prazo e, assim, abrir caminho para buscar as resistências em 62.800 pontos (fortíssima), 63.280 pontos, 63.680 pontos (média móvel de 200 pregões) e em 64.775 pontos, que corresponde à recuperação de 50% deste movimento de queda". No lado oposto, um fechamento abaixo de 60.750 pontos poderia levar o Ibovespa novamente para o teste dos 57.600 pontos.

"Caso perca este importante suporte, veremos um movimento acelerado na queda rumo aos suportes em 55.730, 53.000 (fortíssimo) e em 50.712 pontos, que representa a correção de 50% de Fibonacci", assinalou a instituição, em relatório.

Até o último fechamento, o Ibovespa acumulava queda de 8,27%, no pior desempenho mensal desde outubro de 2008, auge da crise financeira.

Na avaliação do analista da XP Investimentos, Rossano Oltramari, a tendência para junho é de que seja reduzida a forte volatilidade registrada pelo Ibovespa em maio e que os investidores voltem à normalidade em suas operações.

No cenário corporativo, as maiores altas do dia continuam a partir do setor de telecomunicações. Há pouco, as ações ON e PN da Telemar subiam 3,17% e 2,71%, respectivamente cotadas a R$ 35,08 e a R$ 29,10. Já os papéis PNB da Eletrobrás se valorizavam em 2,68%, para R$ 26,73.

Do outro lado, entre as principais quedas do dia, os papéis ON da TIM Participações recuavam 2,50%, a R$ 7,00, enquanto as ações ON da BM & FBovespa caíam 1,48%, a R$ 11,97, e as ON da Souza Cruz diminuíam 1,37%, a R$ 66,03.

Ainda no mercado brasileiro, o fluxo estrangeiro na Bovespa estava negativo em R$ 2,222 bilhões no acumulado do mês, até o dia 27, resultado de compras no valor de R$ 40,937 bilhões e de vendas de R$ 43,159 bilhões. Apenas na quinta-feira passada, o estrangeiro retirou R$ 28,5 milhões do mercado. Apesar disso, o Ibovespa subiu 3,16% naquele dia.

No ano, o resultado da atuação do investidor internacional na bolsa brasileira está negativo em R$ 3,504 bilhões.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host