UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 17h04

Apex-Brasil e CNI abrem escritório em Bruxelas

SÃO PAULO - Com o objetivo de reforçar a atuação do Brasil frente a instituições como o Parlamento Europeu e o Conselho da União Europeia, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) anunciaram a abertura de um escritório em Bruxelas, na Bélgica.

Estrategicamente posicionada, o Brazilian Business Affairs pretende promover ações de ampliação de mercados para os produtos brasileiros, além de dinamizar os fluxos de comércio entre os destinos.

A nova unidade começa as atividade num momento em que a União Europeia e o Mercosul retomam as negociações para a integração comercial dos dois blocos econômicos. "O escritório adquire importância imediata com a reabertura das negociações entre o Mercosul e a UE", ressalta o gerente executivo da Unidade de Comércio Exterior da CNI, José Frederico Álvares. Segundo ele, o escritório avaliará as restrições comerciais dos europeus e identificará iniciativas que possam prejudicar os interesses das empresas brasileiras naquela região.

A operação e os planos de trabalho da unidade serão estabelecidos em conjunto com a Apex-Brasil. De acordo com Álvares, a CNI deve criar um núcleo de técnicos e empresários para definir essa agenda. "Ao atuar com base em planos de trabalho e na agenda que definiremos no Brasil, o escritório tratará de assuntos diversos. Todas as áreas de negócios da CNI poderão ser beneficiadas, como infraestrutura e meio ambiente, por exemplo." Tatiana Schnoor | Valor

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host