UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 08h07

Atividade manufatureira na China avança menos em maio

SÃO PAULO - O Índice de Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) para o setor manufatureiro da China ficou em 53,9 em maio, ou 1,8 ponto inferior à marca de um mês antes, informou a Federação de Logística e Compra do país.

Apesar o recuo, foi o 15º mês consecutivo que o índice se situou acima de 50, o que expressa expansão da atividade. Em dezembro de 2009, o indicador registrou 56,6, a melhor leitura desde maio de 2008.

No mês passado, o índice de novas encomendas declinou 4,5 pontos, para 54,8. O indicador de preços foi de 72,6 em abril para 58,9 um mês depois.

Zhang Liqun, pesquisador do centro de Pesquisa do Desenvolvimento do Conselho Estatal, avaliou que a desaceleração apurada em maio indica que a economia chinesa está crescendo a um ritmo mais estável.

"O recuo significativo no índice de preço também sugere menos pressões de custo para os manufatureiros", acrescentou.

O PMI é feito com base em dados do Departamento de Estatísticas da China e cobre gerentes de suprimento e compra em mais de 700 empresas no país, reportou a agência chinesa de notícias Xinhua.

Também uma medida para acompanhar o desempenho do segmento manufatureiro chinês, o índice HSBC mostrou um ritmo de avanço mais modesto dessa atividade em maio. A leitura obtida correspondeu a 52,7, ante os 55,2 de abril. De qualquer forma, o resultado superou 50, indicando crescimento.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host