UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 09h32

HP vai cortar 9 mil funcionários após integração com EDS

A HP vai demitir 9 mil funcionários nos próximos anos como parte de uma reestruturação na área de serviços corporativos. Os cortes anunciados nesta terça-feira, que devem gerar um custo de aproximadamente US$ 1 bilhão, refletem a integração da consultoria EDS, adquirida em maio de 2008 pela HP por US$ 13,9 bilhões.

A divisão Enterprise Services, que vem integrando as operações da EDS há cerca de 20 meses, passará por uma consolidação de data centers, plataformas de administração, redes, ferramentas e aplicações, informou a empresa.

"Como resultado dos ganhos e da automação, a HP espera eliminar aproximadamente 9 mil posições ao longo de um período de vários anos para reinvestir no crescimento e para aumentar o valor para os acionistas", disse a empresa em um comunicado.

Para financiar a restruturação, a HP informou que terá um custo aproximado de US$ 1 bilhão "ao longo de um período de vários anos que será adicionado a seus resultados de acordo com Princípios Contábeis Geralmente Aceitos (GAAP na sigla em inglês)".

Com as mudanças, a empresa espera gerar uma economia bruta anual em torno de US$ 1 bilhão e líquida entre US$ 500 milhões e US$ 700 milhões, considerando reinvestimentos.

(Daniela Braun | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host