UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 14h43

Ibovespa recua para 62.582 pontos; dólar cai para R$ R$ 1,820

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) mantém a direção negativa no pregão desta terça-feira e opera na contramão do mercado americano.

Apesar da divulgação de indicadores melhores que o previsto da economia americana, os investidores reduzem posição na Bolsa diante da baixa das blue chips e de números fracos vindos da Europa e da China. Além disso, ontem, quando as bolsas americanas estavam fechadas, o Ibovespa fechou em alta de 1,77%.

Por volta das 14h35, o Ibovespa caía 0,74% e somava 62.582 pontos, com giro financeiro de R$ 3,862 bilhão. Já nos Estados Unidos, o índice Dow Jones subia 0,66%, o Nasdaq avançava 0,45% e o S & P 500 tinha ganhos de 0,22%.

Na Europa, as principais bolsas fecharam sem direção definida. Enquanto o mercado londrino e francês mostrou queda, o alemão avançou.

No âmbito corporativo doméstico, as blue chips seguem o movimento das commodities e operam em baixa. Há pouco, as ações PN da Petrobras caíam 0,97%, a R$ 29,31, com giro de R$ 519,3 milhões, enquanto os papéis PNA da Vale recuavam 1,32%, a R$ 42,31, com volume movimentado de R$ 419,2 milhões.

Em nota enviada ao mercado, o diretor-presidente da Vale, Roger Agnelli, afirmou que os preços de minério de ferro estão seguindo a demanda e oferta do mercado. Segundo ele, a mineradora "não está fixando preços". Quem está fixando os preços é o mercado. E nós só estamos refletindo nos contratos o que está acontecendo hoje no mercado", complementou.

Nos últimos dias, circularam notícias na imprensa nacional e internacional de que a Vale estudava reajustar o preço do minério de ferro, entre 30% e 35%, no terceiro trimestre deste ano.

Na nota divulgada, a mineradora afirma que o preço do terceiro trimestre deste ano "foi formado automaticamente pela média dos preços spot do minério de ferro vendido na China dos meses de março, abril e maio de 2010".

"Os clientes podem escolher o índice ou a composição de índices que preferem usar. A Vale está aberta a negociar o que for melhor para o cliente", explicou em nota o diretor-executivo de Ferrosos, José Carlos Martins.

Entre as maiores quedas do Ibovespa estão os papéis PN da Cemig, com recuo de 3,61%, a R$ 25,05, seguidos pelas ações ON da Duratex, com baixa de 2,69%, a R$ 15,18, e Fibria ON, com depreciação de 2,64%, a R$ 28,72.

Já as principais altas são lideradas pelos papéis ON da Cielo, com valorização de 4,67%, a R$ 16,12.

Ontem, o HSBC fechou acordo de preferência com a Cielo para oferta de um pacote que unirá serviços bancários e a captura de transações de débito e crédito aos lojistas.

Ainda entre as maiores apreciações do Ibovespa aparecem os papéis PNB da Cesp, com ganhos de 2,92%, a R$ 22,55, e Gol PN, com alta de 2,85%, a R$ 20,88.

No mercado cambial, o dólar opera praticamente estável em relação à moeda brasileira. Há pouco, a divisa americana caía 0,05%, negociada a R$ 1,820 na venda.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host