UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/06/2010 - 11h31

Hungria pode ser a próxima Grécia, reconhece governo do país

SÃO PAULO - A Hungria pode ser a próxima Grécia, reconheceu o governo do país, que emendou estar pronto para evitar que o Estado tenha o mesmo caminho de Atenas.

Peter Szijjarto, porta-voz do premiê húngaro, comentou que a economia doméstica se encontra em uma situação "muito grave" porque o governo anterior teria manipulado dados e mentido sobre a condição econômica.

No fim de semana, deve haver uma reunião para avaliar o quadro da Hungria. Durante a semana que vem, o novo governo, que assumiu o poder no fim de maio, pretende apresentar um plano que pode afetar a área fiscal.

Ontem, a Comissão Europeia pediu à Hungria que reduza seu déficit orçamentário rapidamente após a administração do país alertar que o déficit fiscal deste ano pode ser o dobro da meta acertada com credores, incluindo a União Europeia.

Vale recordar que a Grécia abriu a crise da dívida na Europa e está recebendo ajuda financeira de líderes europeus e do Fundo Monetário Internacional (FMI).

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host