UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/06/2010 - 12h13

Convenção nacional do PV começa com mais de uma hora de atraso

SÃO PAULO - O PV oficializa hoje, em sua convenção nacional, a candidatura da senadora Marina Silva (PV-AC) à Presidência da República. O evento, que estava marcado para começar às 10 horas, em Brasília, teve início com 1h15 de atraso.

O secretário de Relações Internacionais do PV, Marco Antonio Mróz, afirmou que o programa de governo do partido não será votado hoje pelos dirigentes. Os verdes vão votar apenas a plataforma de governo, com as diretrizes da campanha de Marina.

Mróz explicou que o programa foi concluído na madrugada de hoje e por isso não houve tempo para que todos os dirigentes pudessem ter acesso ao material.

A convenção nacional também marca a substituição do vereador Alfredo Sirkis (PV) na coordenação da campanha da senadora ao Palácio do Planalto. O cargo, agora, será ocupada pelo ex-secretário executivo do Ministério do Meio Ambiente João Paulo Capobianco.

Ao anunciar sua saída, Sirkis destacou que teve um importante papel até o momento na coordenação da campanha, ajudando Marina a saltar de 3% para 12% nas pesquisas de intenção de voto.

"Tudo o que vemos hoje nas pesquisas é apenas o ponto de partida de uma disputa e não o ponto de chegada. Estamos na disputa, no grande jogo, em condições de crescer, de atropelar, de ir para o segundo turno e vencer", declarou o vereador, para quem o PV deixou de ser um partido nanico.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host