UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/06/2010 - 12h18

Dados chineses impulsionam commodities e Ibovespa vai a 63.018 pontos

SÃO PAULO - A primeira etapa do pregão desta quinta-feira está sendo marcada por um maior otimismo dos investidores. O Ibovespa opera no azul desde o início dos negócios e opera na linha dos 63 mil pontos.

Próximo das 12h10, o principal índice do mercado brasileiro subia 2,50%, aos 63.018 pontos, com giro financeiro de R$ 1,871 bilhão.

No mesmo horário, nos Estados Unidos, o índice Dow Jones subia 2,31%, enquanto o Nasdaq avançava 2,10% e o S & P 500 tinha alta de 2,35%.

O ambiente econômico trouxe informações mais otimistas nesta jornada. Na Ásia, a China registrou um superávit comercial maior que o previsto, de US$ 19,53 bilhões em maio. O resultado foi gerado por um crescimento de mais de 48% tanto das exportações, como das importações no período.

Nos Estados Unidos, o Departamento do Trabalho revelou que os novos pedidos de seguro-desemprego caíram em 3 mil na semana encerrada no dia 5 de junho, para 456 mil.

Já no continente europeu, uma sinalização mais favorável do desempenho da economia também está trazendo ânimo para os agentes. O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, afirmou hoje que a previsão para o crescimento da região aumentou em 2010 para um intervalo entre 0,7% e 1,3%. Já para 2011, a estimativa diminuiu para uma estimativa de expansão na faixa de 0,2% e 2,2%.

O economista da Gradual Investimentos, André Perfeito, assinala que os dados chineses vieram, de fato, muito bons, com um saldo relevante no mês de maio.

Segundo ele, o indicador mitigou as preocupações dos investidores relacionadas aos efeitos da retirada de estímulos fiscais sobre a economia.

"É bom que a economia chinesa faça uma política mais restritiva de forma prudencial. Seria terrível ver a economia enfrentando uma bolha de crédito", observou.

Apesar da trajetória positiva do mercado nesta manhã, o economia ressaltou que a volatilidade não pode ser descartada. "Por mais que estejamos experimentando uma alta, temos que lembrar que, no mês, a maioria dos mercados está negativo. O investidor ainda está cauteloso", pontuou.

Até ontem, o Ibovespa acumulava uma queda de 2,49% no mês de junho.

Além dos indicadores internacionais, as blue chips também dão força para a apreciação do Ibovespa, em um dia de alta dos preços das commodities, Há pouco, os papéis PN da Petrobras subiam 1,65%, para R$ 30,04, com giro de R$ 278,7 milhões, enquanto as ações PNA da Vale se apreciavam em 2,67%, a R$ 41,50, com volume de $ 281,6 milhões.

Entre as maiores altas do Ibovespa estão os papéis ligados ao setor de commodities. Minutos atrás, as ações PN da Gerdau Metalúrgica tinham ganhos de 5,13%, a R$ 30,70, enquanto os papéis ON da MMX se apreciavam em 4,54%, a R$ 11,26. Além disso, as ações ON da Cielo subiam 4,52%, para R$ 16,39.

No sentido oposto, as únicas baixas do índice partem das ações PN da Ultrapar, com queda de 0,06%, a R$ 82,85, e dos papéis ON da Sabesp, com desvalorização de 1,08%, a R$ 34,53.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host