UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/06/2010 - 09h44

Emprego na indústria cresce 0,4% em abril, informa IBGE

RIO - O pessoal empregado na indústria brasileira cresceu 0,4% em abril, na comparação com o mês anterior, o quarto resultado positivo na série com ajuste sazonal. Em relação a abril do ano passado, o avanço foi de 3,3%, o maior desde os 3,5% de fevereiro de 2008. Nos quatro primeiros meses do ano, o emprego na indústria subiu 1,3% em relação a igual período de 2009.

Os dados, divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam ainda para um avanço de 2% no pessoal empregado entre janeiro e abril, na comparação com o nível de dezembro do ano passado. No acumulado em 12 meses, o emprego na indústria caiu 3,4%, mostrando continuidade da trajetória de melhora, uma vez que em março o acumulado em 12 meses tinha havido baixa de 4,1%.

O IBGE apontou que, na comparação com abril do ano passado, a alta de 3,3% foi a terceira seguida, com a melhora em todos os 14 locais analisados, com destaque para a expansão de 2,8% de São Paulo, que puxou o resultado. Destaque também para o Nordeste, com 5,8%; Rio Grande do Sul, com 4,9%; Norte e Centro-Oeste, com 4,6%; e Ceará, com 8,9%.

Na indústria paulista, os setores com maior avanço do pessoal ocupado foram bebidas, com alta de 4,4%; têxtil, com crescimento de 11,7%; máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações, com avanço de 7,3%; vestuário, que subiu 6,5%; e meios de transporte, que registrou crescimento de 3,4%.

Ainda no confronto com abril de 2009, houve ampliação no pessoal ocupado assalariado em 13 dos 18 segmentos pesquisados, com destaques para alimentos e bebidas, com 2,7%; produtos de metal, com 6,9%; máquinas e equipamentos, com 5,8%; e calçados e couro, com 7%. Entre os cinco ramos com queda, o maior impacto negativo foi exercido pelo setor de madeira (-8,7%).

(Rafael Rosas | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host