UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2010 - 18h23

Aneel aprova reajuste tarifário de distribuidoras do Grupo Energisa

BRASÍLIA - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje o reajuste tarifário de duas distribuidoras do Grupo Energisa, as concessionárias Energisa Minas Gerais e Energisa Nova Friburgo. As novas tarifas entrarão em vigor na próxima sexta-feira.

Os consumidores de baixa tensão da Energisa Minas Gerais terão um reajuste médio de 8,29%, com índices 9% para residências e comércio e 3,65% para a classe de baixa renda. Já os consumidores de energia das classes de alta tensão, com demanda entre 2,3 e 138 kilovolt (kV), tiveram um reajuste médio de 9,07%. Atualmente, a concessionária atende 374 mil unidades consumidoras em 66 municípios em Minas Gerais e em dois no Rio de Janeiro.

Já os consumidores da Energisa Nova Friburgo da classe de baixa tensão contaram com um reajuste médio de 1,02%, com índices de 1,46% para residências e comércio e -5,47% para os consumidores de baixa renda. As classes de alta tensão contaram com o índice médio de -2,39%. A concessionária atende 92 mil unidades consumidoras de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro.

A Aneel informou que os percentuais aprovados para a Energisa Minas Gerais refletem, entre outros fatores, a variação do IGP-M e os aumentos dos encargos do setor, como a Conta de Consumo de Combustíveis (CCC) e do subsídio de fontes alternativas incentivadas pelo governo.

No caso da Energisa Nova Friburgo, a agência reguladora ressaltou que o fator que causou maior impacto nas tarifas foi a redução dos gastos da distribuidora com a compra de energia da Ampla, supridora da empresa.

(Rafael Bitencourt | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host