UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2010 - 11h17

Ibovespa avança para 63.964 pontos; dólar cai a R$ 1,803

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) registra valorização no pregão desta terça-feira, na cola do mercado americano. Apesar dos dados mais fracos que o previsto divulgados no continente europeu, a moeda daquela região ganha força nesta sessão e anima os investidores.

Além disso, os agentes estão atentos aos indicadores da economia dos Estados Unidos, como os preços dos importados, que recuaram 0,6% em maio.

Por volta das 11h10, o Ibovespa subia 0,68%, aos 63.964 pontos, com giro financeiro de R$ 736,4 milhões. O índice futuro registrava elevação de 0,73%, para 63.920 pontos. No último pregão, o Ibovespa caiu para 63.532 pontos.

Em Wall Street, as bolsas também operavam no azul desde sua abertura. Há instantes, o Dow Jones tinha valorização de 0,73%, enquanto o Nasdaq avançava 1,07% e o S & P 500 verificava acréscimo de 0,76%.

Na Europa, a agência de estatísticas Eurostat apontou que a balança comercial da zona do euro ficou superavitária em apenas 1,8 bilhão de euros em abril.

Na Alemanha, pesquisa do instituto ZEW mostrou que a confiança do investidor no país caiu fortemente em junho. O indicador que mede esse sentimento ficou 17,1 pontos abaixo da leitura de maio, passando de 45,8 para 28,7.

No cenário corporativo, a agência de classificação de risco Fitch Ratings rebaixou a nota da petrolífera BP.

No mercado local, entre as principais altas do Ibovespa, apareciam os papéis ON da LLX Logística, com valorização de 2,91%, a R$ 7,76, PN da TAM, com elevação de 2,61%, a R$ 25,55, e ON da Brasil Ecodiesel, com apreciação de 2,32%, a R$ 0,88.

Na outra ponta, as baixas eram lideradas pelas ações PN da Telesp, com queda de 1,90%, a R$ 38,62, ativos ON da Sabesp, com recuo de 1,01%, a R$ 34,25, e PN da Ultrapar, com depreciação de 0,62%, a R$ 84,37.

Entre as "blue chips", há pouco, Petrobras PN caía 0,44%, a R$ 28,92, enquanto Vale PNA subia 0,59%, para R$ 41,95.

No mercado cambial, o dólar perdia força para as principais moedas. Instantes atrás, a divisa americana recuava 0,27%, cotada a R$ 1,803 na venda. Já o euro subia 0,36%, para US$ 1,2291.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host