UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2010 - 13h00

Lula mantém reajuste a aposentados e veta fim de fator previdenciário

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva manteve o reajuste de 7,7% para os aposentados e vetou o fim do fator previdenciário. O impacto no Orçamento será de R$ 1,6 bilhão além do reajuste original proposto pelo governo, de 6,14%.

Para compensar esse impacto, serão efetuados cortes no custeio e nas emendas parlamentares. "Vai doer porque já cortamos R$ 10 bilhões do Orçamento, mas se o Congresso deu esse aumento ele também tem de se responsabilizar por ele", afirmou o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

De acordo com o líder do governo na Câmra, Candido Vaccarezza (PT-SP), se Lula vetasse o aumento teria de editar uma nova Medida Provisória já que, por lei, o reajuste seria de 3,53%.

"Essa medida provisória teria que ser votada em agosto ou setembro, antes, portanto, das eleições. Nós temos a consciência de que não conseguiríamos aprovar um reajuste menor do que o 7,7%", completou Vaccarezza.

Segundo o ministro da Previdência, Carlos Gabbas, o reajuste já estará na folha de julho e a expectativa de que o pagamento retroativo a janeiro já seja pago a partir de agosto.

(Paulo de Tarso Lyra | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host