UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2010 - 15h56

Sindicatos da Espanha preparam greve geral contra governo de Zapatero

SÃO PAULO - As centrais sindicais da Espanha convocaram oficialmente hoje a primeira greve geral contra o governo de José Luis Rodríguez Zapatero. O ato, marcado para acontecer no dia 29 de setembro, reflete o descontentamento com as propostas de reforma na legislação trabalhista, consideradas lesivas aos trabalhadores. Um dos pontos mais polêmicos trata do modelo de demissão a ser aplicado pelas das empresas que sofrerem prejuízos durante seis meses consecutivos. Na avaliação dos dirigentes sindicais, o projeto apresentado pelo governo defende os interesses empresariais, gerando prejuízos aos trabalhadores. A expectativa dos sindicatos é de que o dia 29 de setembro seja marcado por mobilizações não só na Espanha, mas em toda a Europa. As discussões quanto à necessidade de reformas nos sistemas de assistência social ganhou força depois que a crise colocou diversos países em uma delicada situação financeira. Várias nações estudam rever a legislação atualmente vigente.

Na Espanha, além das mudanças nas leis trabalhistas, também estão sendo sugeridas alterações no sistema previdenciário, envolvendo a elevação da idade mínima para aposentadoria. (Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host