UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/06/2010 - 19h36

Após apoio a Mercadante, DEM tira liderança de Apolinário na Câmara

SÃO PAULO - Após reunião com sete vereadores, o DEM decidiu retirar hoje a liderança do partido na Câmara Municipal de São Paulo do vereador Carlos Apolinário (DEM), que na segunda-feira anunciou que vai apoiar a candidatura de Aloizio Mercadante (PT) ao governo do Estado. Os democratas, no entanto, formalizaram aliança na esfera estadual com o PSDB, que lançará na disputa o ex-governador Geraldo Alckmin. O DEM ainda deve discutir a possibilidade de expulsar Apolinário pelo apoio ao petista. Antes dele, o vereador Milton Leite (DEM) já havia declarado sua adesão ao candidato do PT nas eleições de outubro.

Ao anunciar seu apoio, Apolinário disse que São Paulo não precisava de um gerente, mas de um "governador que tenha capacidade administrativa e que tenha vontade política de mudar o Estado". A declaração foi entendida como uma crítica indireta ao ex-governador.

O vereador já tinha se manifestado contra as pretensões eleitorais de Alckmin nas eleições municipais de 2008. Na ocasião, contudo, o tucano disputava a prefeitura de São Paulo contra o correligionário de Apolinário, o prefeito Gilberto Kassab (DEM), que acabou sendo reeleito.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host