UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/06/2010 - 10h14

Bolsas da Europa não sustentam alta da abertura e voltam a cair

SÃO PAULO - As bolsas da Europa não sustentaram as altas registradas na abertura dos negócios nesta quarta-feira e voltaram a cair, refletindo novamente os temores do mercado com as dívidas dos países europeus.

A queda mais acentuada era verificada na bolsa de Madri, com o índice IBEX 35 recuando 1,27%, para 9.618 pontos. Na Alemanha, o índice DAX da bolsa de Frankfurt registrava queda de 0,14%, aos 6.166,40 pontos, enquanto em Paris, o índice CAC-40 recuava 0,16%, aos 3.655,53 pontos.

Contrariando os demais mercados da Europa, a bolsa de Londres operava no campo positivo, com o índice FTSE 100 subindo 0,01%, aos 5.218,11 pontos.

Os contínuos rumores de que a Espanha vai receber ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI) voltaram a agitar os mercados. Com a visita do diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, ao país nesta semana, crescem os rumores de serão liberados 250 bilhões de euros ao governo espanhol.
A Espanha nega a informação, mas o mercado já está cobrando prêmios de risco maiores sobre os títulos da dívida espanhola.
Em uma tentativa de amenizar as preocupações dos investidores, o banco central da Espanha anunciou que vai tornar públicos os testes de estresse realizados em bancos no país. Dessa forma, o governo espanhol espera provar que as instituições financeiras do país estão sólidas, apresentando as condições necessárias para enfrentar a crise na Europa.

(Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host