UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/06/2010 - 09h03

Taxa de desemprego no Reino Unido sobe para 7,9%

SÃO PAULO - O número de desempregados no Reino Unido cresceu entre fevereiro e abril, chegando a 2,47 milhões, segundo informações do Escritório para Estatísticas Nacionais. Com mais 23.000 trabalhadores sem emprego, o país viu sua taxa de desemprego subir de 7,8% de novembro a janeiro de 2009 para 7,9% no período encerrado em abril deste ano.

O número de pessoas recebendo auxílio-desemprego, entretanto, caiu 30,9 mil em maio, contabilizado um total de 1,48 milhão de benefícios. Cresceu, porém, o volume de indivíduos classificados como economicamente inativos - aquelas que estão fora do mercado de trabalho e não estão procurando emprego. De fevereiro a abril foram incorporadas a esta categoria 29 mil pessoas, totalizando 8,19 milhões. O número equivale a 21,5% da população em idade de trabalho, maior percentual já registrado pelo país.

O total de pessoas fora do mercado de trabalho há mais de um ano subiu em 85 mil, para 772 mil, entre fevereiro e abril, enquanto o número de desempregados com idade entre 16 e 24 anos foi ampliado em 11 mil, para 926 mil. Ao mesmo tempo, foram geradas 5 mil vagas no país, fazendo com que o número de empregados subisse para 28,9 milhões. (Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host