UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 14h16 / Atualizada 25/06/2010 - 14h48

Petróleo sobe, mas temores sobre ciclone influenciam negociações

SÃO PAULO - Os preços internacionais do petróleo operam em alta nesta sexta-feira, depois de um início em queda, mas os riscos de um ciclone no oceano Pacífico e indicadores nos EUA influenciam as negociações.

Em Nova York, o WTI para agosto há pouco valia US$ 78,77, com alta de US$ 2,24. O contrato para setembro avançava US$ 2,16, a US$ 79,31. Em Londres, o Brent de agosto fechou a US$ 78,10, com alta de US$ 1,63, enquanto o vencimento de setembro ganhou US$ 1,72, a US$ 78,52.

As movimentações do câmbio nesta sexta-feira estimulam os preços das commodities, com o dólar enfraquecido frente as principais moedas do globo. O yuan, por sua vez, registrou nesta sessão o valor mais expressivo ante o dólar desde julho de 2005.
Os agentes, no entanto, não deixam de prestar atenção no furacão Darby, que está se fortalecendo no Pacífico. O Serviço Meteorológico Nacional do México (SMN), informou, por sua vez, que nas próximas horas ele poderá alcançar a categoria 3 na escala Saffir-Simpson, de no máximo de 5.
A atenção do mercado também vai para os dados da economia dos EUA, que avançou a uma taxa anualizada de 2,7% entre janeiro e março deste ano, conforme a terceira revisão do desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) americano para o período. O Departamento do Comércio do país recordou que a estimativa anterior apontou crescimento de 3% para a economia dos EUA no primeiro trimestre de 2010.

(Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host