UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

30/06/2010 - 17h23

Ibovespa cai 1,68%, para 60.935 pontos; no mês, queda atinge 3,35%

SÃO PAULO - Depois de inverter a direção com menos de uma hora para o encerramento dos negócios, o Ibovespa fechou o pregão desta quarta-feira, o último dia de junho, no campo negativo. O índice também acumulou perdas no mês, no trimestre e no semestre.

Dados preliminares mostram que, com máxima de 62.644 pontos, o Ibovespa fechou as operações de hoje com desvalorização de 1,68%, aos 60.935 pontos, na mínima do dia. Esta é a menor pontuação desde o dia 26 de maio (60.190). O giro financeiro atingiu R$ 6,386 bilhões.

Em junho, pelo terceiro mês seguido, o Ibovespa acumulou queda de 3,35%. No trimestre, o índice recuou 13,41%, consolidando o pior desempenho para o período desde o auge da crise financeira, no terceiro trimestre de 2008, quando desabou 23,80%. No primeiro semestre de 2010, a Bovespa acumulou baixa de 11,16%. Entre os ativos de maior peso sobre o Ibovespa, Petrobras PN foi exceção, ao subir 0,11% hoje, a R$ 26,86. Já Vale PNA caiu 2,86%, a R$ 37,91; Itaú Unibanco PN teve baixa de 1,78%, a R$ 32,50; BM & FBovespa ON teve desvalorização de 2,35%, a R$ 11,60; e Gerdau PN teve perda de 0,75%, a R$ 23,59.

Em Wall Street, enquanto o índice Dow Jones recuou 0,98%, para 9.774,02 pontos, o S & P 500 cedeu 1,01%, aos 1.030,71 pontos, e o Nasdaq perdeu 1,21%, para 2.109,24 pontos.

Em junho, o Nasdaq perdeu 6,5%, enquanto o S & P 500 cedeu 5,4% e o Dow Jones recuou 3,6%. No trimestre, o pior desempenho também ficou com o Nasdaq (-12%), seguido pelo S & P 500 (-11,9%) e pelo Dow Jones (-10%). No semestre, o S & P 500 caiu 7,6%, o Nasdaq recuou 7% e o Dow Jones teve baixa de 6,3%.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host