UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/07/2010 - 18h17

Banco polonês adota segurança biométrica em caixas eletrônicos

SÃO PAULO - O banco polonês BPS anunciou nesta segunda-feira a implantação de caixas eletrônicos com tecnologia de segurança de leitura biométrica. No lugar de senhas numéricas, agora o usuário terá acesso ao sistema bancário por meio de sensores de leitura das digitais da mão.

A tecnologia aplicada pelo BPS foi desenvolvida pela Hitachi. A empresa diz que a tecnologia já é amplamente usada no Japão, mas ainda pouco explorada na Europa. No Brasil, o Bradesco e o Itaú já adotaram a tecnologia para reforçar o combate às fraudes no saque de dinheiro.

Tecnicamente, os especialistas chamam de "biometria" o uso de características físicas e comportamentais (impressões digitais, por exemplo) em mecanismos de identificação. Esse mecanismo aumenta os níveis de segurança do sistema bancário. Na prática, para os usuários, os cartões do banco continuam a ser usados, o que muda é que não haverá mais senhas numéricas, mas, sim, a segurança biométrica para acesso ao sistema. O banco polonês informou que pretende instalar quatro caixas eletrônicos com reconhecimento biométrico até o final do ano nas agências em Varsóvia, capital e maior cidade da polônia, e outras 200 unidades ao longo dos próximos anos.

(Tatiana Schnoor | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host