UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/07/2010 - 12h52

Dólar opera sem rumo em dia de poucos negócios

SÃO PAULO - O mercado de câmbio continua sem direção definida nesta segunda-feira. O feriado em Nova York esvaziou o pregão por aqui e em função do baixo volume fica difícil fazer qualquer análise sobre o comportamento da moeda.

No mercado à vista, o dólar comercial apontava leve baixa de 0,05%, a R$ 1,775 na compra e R$ 1,777 na venda. Até as 12h40, foram negociados apenas US$ 700 milhões no interbancário.

Já no mercado futuro, o dólar com vencimento em agosto, negociado na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), apresentava alta de 0,25%, a R$ 1,786. Também até as 12h40, foram negociados 54 mil contratos, menos da metade para o horário em dias "normais".

No câmbio externo, o euro perde para o dólar, mas ainda defende a linha de US$ 1,25.

Nas bolsas de valores o dia também é de indefinição e baixo volume. Por aqui, o Ibovespa caía 0,43, depois um breve período de alta. O volume negociado não somava R$ 800 milhões. Em Londres, o FTSE-100 perdia 0,21%, enquanto o DAX, de Frankfurt, devolvia 0,16%.

De volta ao mercado local, os estrangeiros voltaram a vender dólar futuro na sexta-feira. Foram mais de 20 mil contratos, o que representa US$ 1,02 bilhão. Com isso, a posição vendida (aposta pró-real) do estrangeiro somava US$ 1,75 bilhão.

Cabe lembra que até o final do mês de junho, os estrangeiros apresentavam posições compradas, ou seja, aposta pró-dólar no mercado futuro. Enquanto os estrangeiros venderam moeda, os bancos compraram. Foram US$ 718 milhões na sexta-feira, que reduziram o tamanho de sua posição vendida a US$ 2,40 bilhões.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host