UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/07/2010 - 14h28

Dólar defende leve alta de 0,16%, a R$ 1,77

SÃO PAULO - As compras perderam um pouco de força, mas o dólar comercial continua ganhando do real, apesar do dia positivo para as bolsas, commodities e para o euro.

Conforme já observado no pregão de ontem, parece existir um piso imaginário para a venda de dólares na linha de R$ 1,76. Conforme notaram agentes de mercado, a esse preços os compradores aparecem, seja para liquidar importações ou fazer remessas.

Depois de cair a R$ 1,760 na mínima da manhã, por volta das 14h30, o dólar comercial apontava valorização de 0,16%, a R$ 1,768 na compra e R$ 1,770 na venda.

No mercado futuro, o dólar com vencimento em agosto, negociado na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), apresentava apreciação de 0,02%, a R$ 1,7755, depois de recuar a R$ 1,766.

Olhando para o mercado futuro, pelo segundo dia seguido os bancos compraram dólares. No pregão de ontem foram US$ 690 milhões, o que reduz aposta pró-real das instituições para US$ 1,54 bilhão, montante pouco relevante.

Já os estrangeiros apresentam um comportamento errático depois de pequenas compras na terça-feira, voltaram a vender moeda com um pouco mais de consistência no pregão de quarta-feira. Foram US$ 642 milhões, que elevaram a aposta pró-real a US$ 2,17 bilhões. Vale lembrar que no mês passado, os estrangeiros estavam na estratégia contrária, ou seja, apostando contra o real ao comprar moeda americana. (Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host