UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/07/2010 - 15h38

PSOL defende impugnação da candidatura de Roriz ao governo do DF

SÃO PAULO - O PSOL ajuizou hoje uma ação no Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) em que pede a impugnação da candidatura de Joaquim Roriz (PSC) ao governo do DF.

Segundo o PSOL, Roriz estaria inelegível por causa do projeto Ficha Limpa, que foi aprovado neste ano e proíbe a candidatura de políticos condenados por um órgão colegiado.

O partido sustentou que um artigo da lei também torna inelegível um candidato com problemas na Justiça que renunciar ao seu mandato.
Em 2007, Roriz deixou o cargo de senador para não responder a um processo por quebra de decoro parlamentar.
Ele foi flagrado na operação Aquarela, da Polícia Civil, negociando a partilha de R$ 2,2 milhões com o ex-presidente do Banco de Brasília (BRB), Tarcísio Franklin de Moura. Na ocasião, Roriz negou as acusações e disse que o dinheiro não era do banco e nem público.

Segundo Roriz, o montante se refere a um pedido de empréstimo feito ao empresário Nenê Constantino para comprar uma bezerra, no interior de São Paulo.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host