UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/07/2010 - 14h13

Tolmasquim espera licitar mais hidrelétricas no fim do ano

RIO - O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Mauricio Tolmasquim, afirmou que deverá haver mais um leilão de energia nova A-5 no fim do ano, de forma a garantir a demanda das distribuidoras. Tolmasquim ponderou que o leilão que será realizado no dia 30 de julho contará com apenas quatro hidrelétricas já licenciadas, o que não será suficiente para suprir a demanda.

Segundo ele, deverá haver um novo leilão para que mais nove hidrelétricas sejam licitadas no fim do ano, sendo a maior delas a de Teles Pires, no rio de mesmo nome, com potência de 1800 MW. Além desta, a EPE espera que sejam licenciadas a tempo mais cinco usinas no Parnaíba e mais três no Teles Pires.

"Térmicas no leilão apenas no caso de as hidrelétricas não terem licença", disse Tolmasquim durante seminário sobre energia eólica organizado pelo Centro de Treinamento e Estudos em Energia (CTEE).

Questionado sobre a possibilidade de continuar no comando da EPE em caso de vitória da oposição nas eleições presidenciais, Tolmasquim foi enfático ao dizer que seu cargo é de confiança. "A EPE trabalha com política energética e está ligada às diretrizes de governo", afirmou, acrescentando que não vê riscos de esvaziamento da instituição, qualquer que seja o presidente eleito.
"Eu vejo certa unanimidade no planejamento energético. Acho que ninguém teria como plataforma acabar com a EPE", concluiu.

(Rafael Rosas | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host